Colaboradores:

Candidatos se queixam de erros em questões do Concurso da Prefeitura de Nova Friburgo


Candidatos experientes em prestar concursos públicos por várias bancas examinadoras se surpreenderam com erros crassos contidos em algumas questões da prova do Concurso Público da Prefeitura de Nova Friburgo realizada no último domingo, 13. A redação de A VOZ DA SERRA recebeu algumas queixas sobre o conteúdo incorreto de determinadas perguntas e os prejuízos que isso poderia ter acarretado à concentração dos candidatos, contribuindo para confundi-los. As reclamações que chegaram ao jornal expressavam o inconformismo de alguns concursando com falhas na formulação de perguntas.

Um exemplo de conteúdo incorreto pode ser verificado na prova para o cargo de Inspetor de Alunos, conforme criticado por uma candidata que ligou para o jornal e pediu para não ser identificada. “Fiz a prova de cor rosa e fiquei impressionada com o nível de erros. Numa questão de português, está escrito que a palavra desespero se escreve com z. Achei que era uma pegadinha de concurso mas depois de reler várias vezes vi que se tratava de um erro. Na prova de conhecimentos gerais, perguntavam qual figura do ‘show business’ faleceu em outubro do ano passado. A resposta seria Luiz Carlos Mieli, mas ele morreu no mês passado. A gente estuda tanto e se depara com esses absurdos”, desabafou ela.

Vale destacar que os candidatos que se sentirem prejudicados com as incorreções podem entrar com recurso junto à banca examinadora da Exatus. No capítulo VI do edital do concurso, está escrito que será admitido recurso quanto à formulação das questões, respectivos quesitos e gabarito das mesmas. Segundo o edital, o prazo de interposição de pedido de revisão é de dois dias úteis a contar da data da divulgação do gabarito. Ainda de acordo com o edital, o pedido de revisão deverá conter argumentação lógica e consistente, indicando, precisamente, a questão ou ponto sobre o qual versa a reclamação, e deverá ser apresentado via on-line através do site da Exatus, no link recursos.

Foto e fonte: Jornal A Voz da Serra