Colaboradores:

PARAÍBA DO SUL: Operação Dominó resultou na prisão de seis pessoas por associação ao tráfico de drog


Nesta quinta-feira (18), foi realizada a Terceira Fase da chamada “Operação Dominó” em Paraíba do Sul, que resultou na prisão de seis pessoas por associação ao tráfico de drogas. Essa etapa da operação teve foco especial no bairro Eldorado, com objetivo de desmantelar um grupo criminoso suspeito de ter envolvimento na morte de Leonardo da Silva Oliveira (vulgo “Pim”), no dia 02 de outubro de 2017. Mais uma vez a operação foi um trabalho conjunto das polícias civil (107ª DP Paraíba do Sul) e militar (38º BPM), do Ministério Público e do Poder Judiciário. As duas fases anteriores (ocorridas em agosto e setembro de 2017) já haviam resultado na prisão de 20 pessoas ligadas ao tráfico.

Nesta nova etapa, a autoridade policial representou pela expedição de 7 mandados de prisão temporária. Os indivíduos que tiveram suas prisões decretadas pela justiça são: Barela Silva da Costa ; Hiago Oliveira Carpinter; Leandro Silva (vulgo “Leandrinho” ou “LD”); Jose Tiago da Silva (vulgo “Zé Tiago”); Marcelo Alves Batista (vulgo Marcelinho); Jonatan França Gomes (vulgo “Joninha”); Artur Vinicius Rodrigues de Paula (vulgo “Bicudo”). Todos os mandados foram cumpridos na manhã desta quinta-feira, com exceção do mandado de prisão contra "BARELA", que não foi encontrada e é considerada foragida. Dois menores ligados ao grupo foram identificados e outros cinco suspeitos foram conduzidos até delegacia e prestaram depoimentos.

O grupo investigado é suspeito de ter ligação com a Facção Criminosa Comando Vermelho. Segundo foi apurado nas investigações, ele é liderado por José Tiago da Silva, vulgo “Zé Tiago” indivíduo que, de dentro do presídio, através do uso de celular, coordena parte da comercialização de entorpecentes na cidade de Paraíba do Sul, principalmente no bairro Eldorado. Foi apurado que Zé Tiago tem ligação com os traficantes que lideram o tráfico de drogas no bairro Alto Purys, em Três Rios. As suspeitas são que para realizar a distribuição da droga em Paraíba do Sul, ele contaria com a participação de sua irmã, Barela Silva da Costa, e esta repassaria a droga para outros suspeitos de envolvimento com o tráfico, entre eles, Hiago Carpinter, Leandrinho, Marcelo, Artur “Bicudo”, Jonatan França (este último foi preso no curso das investigações e agora teve um novo mandado contra ele cumprido dentro do presídio), entre outros indivíduos. Os levantamentos apontam que Hiago atuaria no bairro Parque Niágara, Artur no Parque Morone e demais no bairro Eldorado.

A Delegada Cláudia Abbud, titular da 107ª Delegacia Policial de Paraíba do Sul, destaca que embora todos tenham sido presos por tráfico de drogas, as investigações continuarão para apurar o possível envolvimento desses indivíduos em outros delitos, especialmente em crimes violentos, os quais muitas vezes estão ligados diretamente a comercialização de entorpecentes. A autoridade policial também reafirma que sem a atuação dos Promotores de Justiça e Juízes de Direito da Comarca de Paraíba do Sul não seria possível o trabalho que vem sendo realizado.

O Major Rodrigo, Subcomandante do 38ºBPM, enfatizou que toda essa integração entre as polícias civil e militar, com apoio do ministério público e poder judiciário, são benéficas para transmitir sensação de segurança para toda a população sul-paraibana. Além de estabelecer que tais ações vão continuar com base nas informações transmitidas pelo serviço de inteligência.

O resultado desta terceira fase da operação foi exitoso e os objetivos traçados foram alcançados. Este trabalho contínuo e integrado das forças policiais vem realizando um efetivo enfrentamento da criminalidade como um todo, sendo certo que novas investigações já estão em curso e aqueles que insistirem em desrespeitar as normas penais estabelecidas fatalmente terão o mesmo destino dos indivíduos presos na operação hoje realizada.

Por Adriano Teixeira

Fonte e foto: 38º BPM – Três Rios